NOTÍCIAS

Oportunidade de Pós-Doutorado com Bolsa CAPES

Uma vaga de pós-doutorado está disponível para pesquisador das áreas de ciências da computação, química, física ou farmácia, com bolsa da CAPES

A bolsa, com início imediato e vigência de 12 meses, tem valor mensal de R$ 4.100,00.

O projeto tem como foco diversas atividades de programação e implementação de ferramentas computacionais para estudos com bases de dados de química medicinal e produtos naturais (https://nubbe.iq.unesp.br/portal/nubbe-search.html), e envolve uma colaboração entre os grupos coordenados pela Profa. Dra. Vanderlan S. Bolzani, do Instituto de Química da UNESP-Ar, e pelo Prof. Dr. Adriano D. Andricopulo, do Instituto de Física de São Carlos da USP.

Os candidatos devem possuir o título de Doutor e experiência em quimioinformática e linguagens de programação, além de ótima capacidade para trabalhar em equipes interdisciplinares.

Os interessados devem enviar uma breve carta de motivação e o link do Currículo Lattes para o e-mail: mariliava@gmail.com.

As inscrições permanecerão abertas até que a vaga seja preenchida.

As atividades do projeto serão desenvolvidas no Laboratório de Química Medicinal e Computacional (LQMC) do Instituto de Física de São Carlos da Universidade de São Paulo.

Assessoria de Comunicação – IFSC/USP

IFSC/USP – Vaga para pesquisador (INCT) com Bolsa de Pós-Doutorado em Biofotônica

O Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT) de Óptica Básica e Aplicada às Ciências da Vida – apoiado pela FAPESP e com sede no Instituto de Física de São Carlos (IFSC-USP) – está buscando pesquisador candidato com experiência em Biofotônica, nos seguintes tópicos de interesse:

– Avanços em Terapia Fotodinâmica combinada à Radioterapia;

– Fotobiomodulação combinada à Radioterapia;

– Instrumentação óptica para dispositivos médicos.

Os projetos visam investigar aspectos inovadores em Biofotônica.

O candidato deve ter obtido título de Doutor em Física, Física Médica, Biologia, Engenharia, Química, Ciências Biomédicas, e áreas relacionadas, nos últimos 5 anos.

Documentos necessários (a serem enviados para lili@ifsc.usp.br):

– Duas cartas de recomendação (informação de contato);

– CV com lista de publicações e expertise;

– Declaração de uma página sobre o interesse (deixar claro o(s) tópico(s) de interesse específico).

Inscrições até o dia 30 de março de 2021.

Previsão de início: julho de 2021.

O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 10% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Assessoria de Comunicação – IFSC/USP

 

Profª Yvonne Mascarenhas vence prêmio instituído pela SBF

A Profª Yvonne Mascarenhas (IFSC/USP) acaba de conquistar o “Prêmio Joaquim da Costa Ribeiro – 2021”, outorgado pela Sociedade Brasileira de Física (SBF), “por suas atividades de pesquisa pioneiras em cristalografia de raios X e por iniciar uma sólida comunidade científica nesta área no Brasil”.

A Profª Yvonne é, assim, a primeira mulher a conquistar este prêmio que, anualmente e desde 2019, tem o intuito de reconhecer o trabalho de um pesquisador e pela contribuição, ao longo de sua carreira, para a Física da Matéria Condensada e de Materiais no Brasil.

(In Jornal da Ciência/SBF) “Yvonne Primerano Mascarenhas nasceu em Pederneiras, interior de São Paulo em 1931. Após mudar-se para o Rio de Janeiro com a família, formou-se Bacharel em Química em 1954 pela Faculdade Nacional de Filosofia da Universidade do Brasil. Em 1956 mudou-se para São Carlos–SP e, junto com seu esposo, Sergio Mascarenhas, abraçou o desafio de tornar a cidade um centro de referência internacional em pesquisa de Materiais. Como a primeira mulher a ocupar uma cadeira na Escola de Engenharia da Universidade de São Paulo em São Carlos, viria a desempenhar um papel fundamental na atração de outros pesquisadores brasileiros e estrangeiros de altíssimo nível para a cidade, tendo também atuado como pivô na fundação do então Instituto de Física e Química de São Carlos (IFQSC). Em 1959, recebeu uma bolsa de estudos Fullbright e passou dois anos trabalhando no laboratório de G. A. Jeffrey e B. Craven, na Universidade de Pittsburgh, EUA. Era o início de sua paixão pela Cristalografia e um importante passo para a introdução e consolidação dessa área de pesquisa no Brasil, facilitada por sua habilidade impressionante em atrair colaboradores e visitantes internacionais renomados ou em ascensão, tendo alguns deles inclusive se fixado em outros centros brasileiros como IPEN, UNICAMP, LNLS e USP. Ao longo de sua trajetória, trabalhou em instituições de prestígio como Harvard, Princeton e Birkbeck College e participou do grupo responsável pelo desenvolvimento do banco de dados cristalográficos de Cambridge (CCDC). Além de fundadora e primeira presidente da Associação Brasileira de Cristalografia (ABCr), onde também atuou em outras funções, é notável sua participação administrativa nas instituições derivadas da EESC, como o IFQSC e, posteriormente, os institutos independentes de Química (IQSC) e de Física (IFSC).

Em sua produtiva e continuada carreira, a Prof. Yvonne supervisionou cerca de 40 estudantes de mestrado e doutorado, publicou aproximadamente 200 artigos indexados e produziu numerosas contribuições em conferências e simpósios. Seu grupo de pesquisa se tornou um dos centros mais importantes em Cristalografia Química e Biologia Estrutural da América do Sul. Entre seus feitos, destaca-se a colaboração que resultou na determinação da estrutura cristalina da oxitocina (Science, 1986) e de toxinas de veneno de cobras (Eur. Biophys. J., 1992). Além da pesquisa, é notável e incessante seu interesse e dedicação pessoal no treinamento de jovens e suas ações para a promoção de meninas e mulheres nas Ciências. Aliás, a Profa. Yvonne – cientista, esposa, mãe de quatro filhos, é, não somente um ícone da Ciência Brasileira, mas um motivo de grande orgulho e exemplo para suas colegas, mulheres, cientistas”.

A comissão julgadora do prêmio foi formada pelos Professores Sergio Rezende (UFPE) e Félix Ynduráin (Universidad Autónoma de Madrid).

O prêmio será entregue em sessão solene que ocorrerá durante o Encontro de Outono da Sociedade Brasileira de Física, evento marcado entre os dias 21 e 25 do próximo mês de junho.

Para saber mais sobre este prêmio, clique AQUI.

Assessoria de Comunicação – IFSC/USP

Colação de Grau – Cursos do IFSC/USP (23/02/2021)

Diretor do IFSC/USP, Prof. Dr. Vanderlei Bagnato

Pela primeira vez em sua história, o IFSC/USP levou a efeito uma Colação de Grau integralmente virtual. O evento aconteceu no dia 23 de fevereiro e reuniu professores, alunos, familiares e amigos, todo mundo em suas casas, logados e atentos à cerimônia.

Colaram Grau os alunos da 28ª Turma do Curso de Bacharelado em Física, 12ª Turma do Curso de Bacharelado em Física Computacional, 12ª Turma do Curso de Bacharelado em Ciências Físicas e Biomoleculares, e da 25ª Turma do Curso Interunidades de Licenciatura em Ciências Exatas, perante o Diretor do Instituto, Prof. Dr. Vanderlei Bagnato, o Presidente da Comissão de Graduação, Prof. Dr. Luís Gustavo Marcassa, a Coordenadora da Comissão Coordenadora do Curso Interunidades de Licenciatura em Ciências Exatas, Profª Drª Cibelle Celestino Silva e, como convidados especiais, os vice-diretores das Unidades parceiras do IFSC/USP, Prof. Dr. Hamilton Varela (IQSC/USP) e Prof. Dr. André Carlos Carvalho (ICMC/USP), entre muitos outros docentes que fizeram questão de acompanhar o evento.

O diretor do IFSC/USP, Prof. Vanderlei Bagnato, que presidiu à cerimônia ocupando a grande Sala de Congregações do Instituto, apenas assessorado pela responsável da Assistência Técnica Acadêmica, Elizabeth Cristina Conti, confessou que o momento, embora festivo, era estranho, já que nunca na sua vida tinha presidido uma cerimônia com sala vazia. Ao agradecer a presença de todos, Vanderlei Bagnato fez um agradecimento especial in memoriam ao Prof. Dr. Ricardo De Marco, falecido semana antes vítima de um acidente. “Gostaria de pedir um minuto de silêncio e os agradecimentos a essa vida relativamente curta, mas dedicada ao nosso Instituto e aos seus alunos, do Prof. Ricardo De Marco, professor do curso de Ciências Físicas e Biomoleculares. Independentemente de onde ele estiver, eu peço a ele que se junte a nós na missão de continuar a ensinar e a formar pessoas como vocês, aqui presentes remotamente nesta Colação de Grau”. Ainda no capítulo dos agradecimentos, o diretor do IFSC/USP enfatizou a ação dos pais e familiares, tendo salientado que a Colação de Grau era dedicada a todos eles, não só pelo esforço realizado e pelos momentos de sacrifício, como pelo total apoio dado aos jovens. Aos alunos, Bagnato dedicou um momento especial: “Queria agradecer aos alunos a sua presença neste evento, uns dentro da garagem, outros nos quartos, outros ainda dentro das “Kombi”. Gostaria de ter todos aqui, mas não é possível e entre não fazer nada, ou fazer o melhor possível em um ato tão importante como este, nós escolhemos a segunda opção. Só que esta opção não tira de vocês a responsabilidade de, futuramente, quando as condições sanitárias permitirem, virem em São Carlos e juntarem seus professores e colegas para, todos juntos, fazermos a celebração que este momento pede. Esta é a primeira vez na minha vida que participo de uma colação de grau remota, e com certeza para vocês vai ficar para a história. Estamos passando um momento de uma verdadeira guerra, que tem ceifado centenas de milhares de pessoas, uma guerra contra um inimigo cruel e silencioso. No pós-guerra iremos precisar de profissionais preparados  para levantar de novo aquilo que tínhamos antes, ou recomeçar aquilo que gostaríamos de conquistar – e não preciso dizer qual é o fim da frase: temos que formar mais gente do que nunca, pois as perdas humanas foram enormes”, sublinhou o diretor do IFSC/USP, antes de fazer seu discurso de abertura.

Diretor do IFSC/USP, Prof. Dr. Vanderlei Bagnato, Presidente da Comissão de Graduação, Prof. Dr. Luís Gustavo Marcassa, e a Coordenadora da Comissão Coordenadora do Curso Interunidades de Licenciatura em Ciências Exatas, Profª Drª Cibelle Celestino Silva

 

Discurso do Diretor – “Não se agarrem aos fracassos e nem os usem para frustrar a brilhante carreira que terão pela frente”

Foi com emoção que o diretor do IFSC/USP proferiu seu discurso de abertura nesta Colação de Grau muito especial para todos:

“Chegando ao final desta etapa, vocês devem estar bastante felizes e com um sentimento de missão cumprida. Quando chegamos a um momento como este percebemos que não é o conhecimento que muda o mundo, mas são as pessoas que detém esse conhecimento que são capazes de o mudar. Agora, vocês são parte disso, especialmente neste momento de crise, onde temos que levantar uma Nação. De nada serve o esforço feito por nós e por vocês para adquirir conhecimento, se ele não for aplicado para melhorar o Homem e tudo o que se encontra ao seu redor. Todos dizem neste país que só a Educação mudará nossa realidade: então, o que estamos esperando para começar a mudar o País? Esperar atitudes do governo, não dá certo; por isso, temos que ter a iniciativa de mudar com aquilo que possuímos no momento, e o que nós temos de precioso exatamente neste momento são pessoas como vocês. Lembrem-se que temos a tarefa de melhorar a nossa sociedade, especialmente vocês que estudaram aqui, mantidos pelo suor de milhões de brasileiros. O passo que vocês estão dando hoje, neste dia, é algo muito recente e podem crer que irão ter saudades uns dos outros, terão momentos de lembranças que não mais voltarão. O tempo de graduação é inesquecível. Como diz um provérbio que eu sempre menciono – só que não sei o autor – “Tudo que é bom dura o tempo suficiente para ser inesquecível”. E, acreditem, a graduação tem a duração necessária para ser inesquecível e é o tempo necessário para cada um de vocês. Agora é o momento para refletirem “Como passei por esta etapa?”; “Será que conquistei tudo e todos?”; “Aproveitei tudo que pude?”; “Fiz bons amigos?”; “Fiz esta etapa com paixão?”. Lembrem-se da famosa frase  “Nada de grande nesse mundo foi feito sem a devida dose de paixão”. Isso significa que vocês, com sua capacidade, podem sempre conquistar grandes coisas, mas coisas ainda maiores serão sempre conquistadas se vocês fizerem com paixão. Nós esperamos que vocês tenham aprendido aqui coisas fascinantes, esperamos que tenham aprendido a matemática do fascínio, que não é feita com números, mas com emoções. Esta é uma matemática que não divide, apenas multiplica, uma matemática que não subtrai, apenas soma. Esperamos que vocês saiam daqui não apenas mais inteligentes, mas acima de tudo mais sábios. O inteligente e o sábio são bem diferentes. O inteligente sabe conduzir e o sábio sabe aproveitar todos os erros que estão ao seu redor, os dele e os dos outros. Do ponto de vista institucional, me orgulho de fazer parte de uma equipe de professores que vê na educação dos nossos alunos uma fronteira sem fim, preocupando-nos todo o tempo em sermos inovadores neste assunto, transferindo para vocês a ideia de que não os estamos educando para que se formem barreiras disciplinares, mas para quebrá-las. Nesse sentido, vocês serão nossos emissários perante uma sociedade que, com bastante sacrifício, ajudou a mantê-los aqui por todos esses anos e que agora espera – e pede -, como retorno, nada mais do que o seu melhor. Ter orgulho de ter sido estudante do Instituto de Física de São Carlos e da USP, se já não está enraizado em vossos peitos, certamente estará dentro de pouco tempo. Agora, ainda está muito recente os diversos sacrifícios feitos à imagem daquele professor que não cedeu, nem um pouquinho, na avaliação, etc., mas todos eles serão lembrados com ternura. O importante de uma graduação é que aprendemos como ser e como não ser. Talvez um rio seja uma analogia que podemos fazer nesse sentido. Um rio contorna todos os obstáculos para atingir seu objetivo natural final, que é chegar ao oceano. Muitos pensam que ele se perde ao atingir o oceano, e talvez seja isso mesmo que as montanhas tentam fazer, mas apenas ele, o rio, sabe que, na verdade, se transformará no próprio oceano. Assim são vocês… Contornaram inúmeros obstáculos, mas estão começando a ver coisas mais grandiosas surgindo. Não se preocupem com os fracassos, pois eles existem para que os momentos de glória tenham maior valor. Voltando à nossa analogia com o rio, lembrem-se que para alguns rios o caminho é maior e mais tortuoso, mas no final todos atingem seu ponto final. O fracasso é parte integrante da atividade científica e dessa forma não poderia ficar fora da formação de um cientista, ou de um profissional inserido na área científica. Procuramos treiná-los para achar formas de superar os fracassos; não se agarrem nos fracassos e nem os usem para frustrar a brilhante carreira que terão pela frente”.

Após o discurso de abertura, foi entoado o Hino Nacional, tendo-se seguido os discursos do Presidente da Comissão de Graduação e da Coordenadora da Comissão Coordenadora do Curso Interunidades de Licenciatura em Ciências Exatas, com a chamada dos alunos, as Oratórias dos três Cursos de Bacharelado e do Curso de Licenciatura, a cargo dos formandos Yuri Peres Asnis e Marcos Vinicius Ribeiro Ferreira, o Juramento e a Conferência de Grau, a entrega do “Prêmio Bernhard Gross” aos estudantes que obtiveram o melhor desempenho acadêmico durante todos os cursos, e o encerramento do evento.

Recorde toda a cerimônia no Canal Youtube (CLIQUE AQUI)

Rui Sintra – Assessoria de Comunicação IFSC/USP

No IFSC/USP – Minicurso de Espectroscopia de Fotoelétrons Excitados por Raios-X (XPS)

Realiza-se entre os dias 8 e 10 de março do corrente ano um minicurso de Espectroscopia de Fotoelétrons Excitados por Raios-X (XPS), organizado pelo Prof. Dr. Renato Vitalino Gonçalves.

O objetivo principal do curso é apresentar os princípios fundamentais da técnica de XPS e da análise de dados.

O curso será realizado em modo virtual, utilizando a plataforma de videoconferência Google Meet.

O evento será organizado em palestras, que abordarão os seguintes tópicos:

– Interação da radiação com a matéria;
– Efeito fotoelétrico;
– XPS: Uma abordagem histórica;
– Notação espectroscópica de raios-X;
– Acoplamento spin-órbita;
– Deslocamento químico;
– Tipos de amostras;
– Exemplos de contaminação;
– Overview sobre a calibração pelo carbono adventício;
– Análise de dados;
– Exercícios práticos utilizando o software CasaXPS.

As inscrições são gratuitas e haverá um número limitado de participantes.

A seleção ocorrerá a partir das inscrições feitas por formulário eletrônico (VER AQUI).

Assessoria de Comunicação – IFSC/USP

IFSC EM PROL DA SOCIEDADE

INFO COVID-19

  • Programa USP VidaConheça o programa
    USP Vida

  • Ações IFSC - COVID-19Ações do IFSC frente
    ao COVID-19

EVENTOS

COLÓQUIOS E SEMINÁRIOS

NOTÍCIAS

Oportunidade de Pós-Doutorado com Bolsa CAPES

Uma vaga de pós-doutorado está disponível para pesquisador das áreas de ciências da computação, química, física ou farmácia, com bolsa da CAPES A bolsa, com início imediato e vigência de 12 meses, tem valor mensal de R$ 4.100,00. O projeto tem como foco diversas atividades de programação e implementação de ferramentas computacionais para estudos com […]

Atualização da produção científica do IFSC/USP em fevereiro de 2021

Para ter acesso às atualizações da Produção Científica cadastradas no mês de fevereiro de 2021, clique AQUI, ou acesse o Repositório da Produção USP (AQUI). A figura ilustrativa foi extraída do artigo publicado recentemente, por pesquisador do IFSC/USP, no periódico Information Sciences (VER AQUI).       Assessoria de Comunicação – IFSC/USP

IFSC/USP – Vaga para pesquisador (INCT) com Bolsa de Pós-Doutorado em Biofotônica

O Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT) de Óptica Básica e Aplicada às Ciências da Vida – apoiado pela FAPESP e com sede no Instituto de Física de São Carlos (IFSC-USP) – está buscando pesquisador candidato com experiência em Biofotônica, nos seguintes tópicos de interesse: – Avanços em Terapia Fotodinâmica combinada à Radioterapia; – Fotobiomodulação combinada à […]

IFSC EM PROL DA SOCIEDADE

INFO COVID-19

  • Programa USP VidaConheça o programa
    USP Vida

  • Ações IFSC - COVID-19Ações do IFSC frente
    ao COVID-19

EVENTOS

COLÓQUIOS E SEMINÁRIOS

Fale conosco
Instituto de Física de São Carlos - IFSC Universidade de São Paulo - USP
Obrigado pela mensagem! Assim que possível entraremos em contato..